Desconheço quem na vida não sofre por dizer o que pensa, e fazer o que gosta... Claro que te darão as costas, por que o mais comôdo e aceitável, é permanecer dentro da ciranda deles, dentro daquilo que eles rotularam, e aí de quem não andar na linha do "trem" deles!

Rosângela Cunha

1 de abr de 2010

Agora não dói mais - Mais uma dose!


Como não sou do tipo de ficar "remoendo" o que passou, mas teve um tempo que eu "remoía", era, eu "remoía", mas não perco mais meu tempo com isso, ou quem sabe tudo não ficou tão desnecessário?! É isso, ficou "desnecessário", sem jeito. Deixa fluir o que vier agora, de preferência que seja "maneiro", sem pensar no que virá depois. O que virá, virá de qualquer jeito, então, deixa rolar. Quem sabe se dessa vez a gente não constrõe um barquinho com furinhos quase que impercebiveis, e com capacidade de suportar as nossas "ondas"?! Quem sabe?! Também não vou pagar pra ver, muito menos fazer nenhum tipo de "reboliço" nos meus neurónios, não, isso não! Eles não vão mais ser "amolados" por nenhum tipo de incerteza, não posso mais adiar nenhum segundo da vida, e qualquer parada só se for para ser feliz. Essa minha urgência. Rosângela Cunha

3 comentários:

  1. Essa tua urgência de ser feliz.
    Obrigada por passar lá, estou seguindo aqui também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse final de semana vai ser mais prolongado e, dessa forma, além de passar por aqui desejando uma maravilhosa páscoa, quero deixar um cartão da voxcard como carinho:

    http://voxcards.ig.com.br/cards/cartao.aspx?c=98590

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  3. adorei seu blog, e adoro caio tam igual a você *-* estou te seguindo, beijo!

    ResponderExcluir

Só conheço uma liberdade,
e essa é a liberdade
do pensamento.

Antoine de Saint-Exupéry