Desconheço quem na vida não sofre por dizer o que pensa, e fazer o que gosta... Claro que te darão as costas, por que o mais comôdo e aceitável, é permanecer dentro da ciranda deles, dentro daquilo que eles rotularam, e aí de quem não andar na linha do "trem" deles!

Rosângela Cunha

27 de mar de 2010

Até a última gota...



Depois de uns dias meio tortos, sombrios e
desarrumados, hoje acordei quase inteira,
sem a melancolia que me"roubou" por uns
dias a minha tranquilidade e o meu equilíbrio.
É verdade, “vez em quando” pinta uns dias meio
cinzentos na vida da gente, uma meia desistência pelas
coisas da vida, mas, felizmente, passa, e de uma hora para
a outra a gente se “encontra” contente novamente,
e o entusiasmo ressurge outra vez,
e a gente percebe que ter fé é
igual a está vivo, e que tudo na vida
é provisoriamente passageiro,
assim com eu, como você,
e como todo mundo.

Rosângela Cunha

2 comentários:

  1. Parece que é assim. Despertar para novos desejos, entusiaticamente E, com fé é bom "porque a fé não costuma falhar...."

    Beijo pra vc Rosângela e bom final de semana.

    Hod.

    ResponderExcluir
  2. [é sempre bom reinventar o mundo... nem que seja o nosso]

    um imenso abraço, Rosângela

    Leonardo B.

    ResponderExcluir

Só conheço uma liberdade,
e essa é a liberdade
do pensamento.

Antoine de Saint-Exupéry