Desconheço quem na vida não sofre por dizer o que pensa, e fazer o que gosta... Claro que te darão as costas, por que o mais comôdo e aceitável, é permanecer dentro da ciranda deles, dentro daquilo que eles rotularam, e aí de quem não andar na linha do "trem" deles!

Rosângela Cunha

15 de abr de 2011

Saudades


E me deu uma vontade súbita de voltar aqui outra vez,
bateu uma saudade louca de "blogar" de novo,
de "rever" as pessoas lindas que sempre encontro por aqui...
"Cadê" vocês, meus amores?! Voltei "estourando" de saudades,
e com um pedido que esta engasgado aqui dentro de mim:
Um pedido de desculpas pelo afastamento, pelo "isolamento",
sei lá... Estive tão ausente, mas VOLTEI!
Sim, voltei... Carente de abraços, de sorrisos,
venham me ver, é urgente essa minha urgência!

.
Rosângela Cunha

2 comentários:

  1. E viva essa blogosfera que se expressa, interage, soma, abrindo caminhos para sermos mais integrados e humanos. Abraço/ney.

    ResponderExcluir
  2. Ro, minha linda!

    mas que saudades incríveis daqui!!E saudades de você, doce menina! Estou muito feliz que tenha voltado...muitas vezes precisamos parar um pouco, para avançarmos com mais certeza!!!
    FELIZ por estar aqui e feliz demais por te receber de volta lá no meu OLHAR!

    Um beijo cheio de meu carinho e um ótimo final de semana para você!!!

    Biazinha

    ResponderExcluir

Só conheço uma liberdade,
e essa é a liberdade
do pensamento.

Antoine de Saint-Exupéry